Notice: Trying to get property of non-object in /home/memindigenas/public_html/wp-content/themes/modelo-base/functions.php on line 166
Hilda Pinto Felix Ticuna – Os Brasis e suas Memorias

biografia

Hilda Pinto Felix Ticuna

Autor(es): Wilany Vasquez Augusto , Francinete dos Santos da Silva , Edivaldo Pinto Felix
Biografado: Hilda Pinto Felix
Nascimento: 1960
Povo indígena: Ticuna
Terra indígena: Comunidade de Umariaçu II
Estado: Amazonas
Categorias:Estado, Amazonas, Biografia, Etnias, Ticuna
Tags:, ,

Wilany Vasquez Augusto[1]

Francinete dos Santos da Silva[2]

Edivaldo Pinto Felix[3]

            A senhora Hilda Pinto Felix nasceu na Comunidade de Umariaçu II pertencente ao Município de Tabatinga-AM. Atualmente ela mora em Comunidade de Filadélfia pertencente ao município de Benjamin Constant. Nasceu no dia 13/06/1960, é uma indígena Ticuna e pertence a nação de Onça. Seu nome na língua Ticuna é We’mena. Sua mãe é Maria Eva Onório e o nome do seu pai é Quirino Pinto. Ela é casada com o senhor Osvaldo Noriega Felix da nação de mutum e eles têm sete filhos.

            Hilda Pinto Felix foi agricultora e artesã, tesoureira do Museu Magüta e é Vice Coordenadora da Associação das Mulheres Indígenas Ticuna-AMIT. Concluiu o ensino médio no ano de 2011.

            Em 1989 foi realizada uma grande reunião com todos os caciques do alto Solimões, que aconteceu na comunidade Belém do Solimões para tratar da Associação das Mulheres Indígenas Ticuna (AMIT) que foi fundada em 1992. A AMIT é uma associação civil sem fins lucrativos de direitos provados sem vínculos partidários e religiosos com sede na cidade de Benjamin Constant, Estado do Amazonas, com prazo de duração indeterminado. São membros do AMIT as mulheres indígenas Ticuna das comunidades do Alto Solimões.

            A AMIT tem como objetivo: a) lutar pela demarcação e garantir a cidadania das mulheres indígenas; b) promover o respeito e reconhecimento a cultura e a história do povo Ticuna e assegurar a língua materna; c) promover e garantir que todas as mulheres Ticuna tenham seus documentos para assegurar seu direito; d) estimular a preservação das tradições culturais do povo Ticuna, manter nossa própria língua, preservar nossa floresta e medicina tradicional na educação para ensinar a fazer artesanatos e cânticos.

            A AMIT é composta de uma coordenadora e vice coordenadora, secretária e tesoureira. Tem como coordenadora Carmem Gomes Tamanho e Vice coordenadora Hilda Pinto Felix, Secretária Maria Oneide Ribeiro Mendes e Tesoureira Elza Pereira Vargas.


Notas

[1] Indígena da etnia Ticuna, clã Japó, mora na comunidade Filadélfia, município de Benjamin Constant-AM. Nascimento: 30/09/1996, 22 anos estuda na Universidade Federal do Amazonas – Instituto de Natureza e Cultura, no curso de Bacharelado em Antropologia.

[2] Indígena da etnia Ticuna, clã Mutum, nome em língua Ticuna Te’acurana. Mora na Comunidade de Filadélfia, Município de Benjamin Constant, Estado do Amazonas. Data de nascimento: 02/01/1993. Discente da Universidade Federal do Amazonas – Instituto de Natureza e Cultura, no curso de Bacharelado em Antropologia.

[3] Indígena da etnia Ticuna, clã Mutum, mora na Comunidade de Santo Antônio, município de Benjamin Constant-AM. Filho de Hilda Pinto Felix e Osvaldo Noriega Felix, nascido em 10/06/88. Estuda na Universidade Federal do Amazonas – Instituto de Natureza e Cultura, no curso de Bacharelado em Antropologia.

baixar
biografia